Instalar UbuntuStudio em Portátil tunning

27 06 2007

O título do post não é muito esclarecedor mas eu sou 🙂
Passo a descrever o que se passou:
Ontem fui instalar o UbuntuStudio a casa de um amigo porque ele trabalha com música e adora criar musica com misturadores, efeitos e outras cenas mais técnicas que me ultrapassam mas cujo resultado final fica muito agradável de ouvir… tem talento o meu amigo “XC”. Antes de ir lá a casa ele perguntou-me o tempo que iria demorar, ao que eu respondi: “mais ou menos uma hora já a contar com imprevistos, porque instalar demora uns 20 minutinhos apenas”. Mas surgiu um imprevisto que não consegui ultrapassar. O “XC” tinha o monitor do portatil partido devido a uma queda da cama, acontece 😦
Ele trabalhava com o portatil e com um monitor de 15″ CRT ligado por cabo. Acontece que o visor do portatil só permitia ver uns cantinhos do ecrã e para instalar o Ubuntu eu tinha de conseguir ver o que estava a fazer e para meu azar não consegui mudar as definições para que a imagem fosse transferida para o monitor CRT.
Conclusão.. desisti! O “XC” vai continuar a usar o XP para trabalhar e no XP só conseguiu configurar o monitor externo porque na altura ainda era possivel ver mais umas coisas no monitor do portátil, mas com o tempo o liquido espalhou-se e agora restam apenas uns centimetros dispersos em que se pode ver alguma coisa, mas não o suficiente para ir às configurações do Ubuntu.
Foi uma situação nova para mim, mas desta vez não venci o desafio para variar :))
Nota:
a imagem deste post não é a do portátil em questão
Anúncios




Instalar UbuntuStudio em Portátil tunning

27 06 2007

O título do post não é muito esclarecedor mas eu sou 🙂
Passo a descrever o que se passou:
Ontem fui instalar o UbuntuStudio a casa de um amigo porque ele trabalha com música e adora criar musica com misturadores, efeitos e outras cenas mais técnicas que me ultrapassam mas cujo resultado final fica muito agradável de ouvir… tem talento o meu amigo “XC”. Antes de ir lá a casa ele perguntou-me o tempo que iria demorar, ao que eu respondi: “mais ou menos uma hora já a contar com imprevistos, porque instalar demora uns 20 minutinhos apenas”. Mas surgiu um imprevisto que não consegui ultrapassar. O “XC” tinha o monitor do portatil partido devido a uma queda da cama, acontece 😦
Ele trabalhava com o portatil e com um monitor de 15″ CRT ligado por cabo. Acontece que o visor do portatil só permitia ver uns cantinhos do ecrã e para instalar o Ubuntu eu tinha de conseguir ver o que estava a fazer e para meu azar não consegui mudar as definições para que a imagem fosse transferida para o monitor CRT.
Conclusão.. desisti! O “XC” vai continuar a usar o XP para trabalhar e no XP só conseguiu configurar o monitor externo porque na altura ainda era possivel ver mais umas coisas no monitor do portátil, mas com o tempo o liquido espalhou-se e agora restam apenas uns centimetros dispersos em que se pode ver alguma coisa, mas não o suficiente para ir às configurações do Ubuntu.
Foi uma situação nova para mim, mas desta vez não venci o desafio para variar :))
Nota:
a imagem deste post não é a do portátil em questão